Intercâmbio: principais dúvidas dos jovens


About Image

O intercâmbio é o desejo de muitos jovens que estão terminando os estudos e planejando a vida profissional. Ao mesmo tempo em que estão determinados a conhecer novos lugares, os sentimentos de medo, receio e dúvidas surgem na cabeça do estudante.

Dica: a pesquisa é o primeiro passo para planejar um intercâmbio. Converse com amigos que já passaram por esta experiência e busque informações com agências especializadas no assunto.

A vivência em outro país é, sem dúvidas, enriquecedora. É possível conhecer pessoas, trocas informações, aperfeiçoar o idioma, além de conhecer novas culturas. E, na hora de participar de um processo seletivo para um novo emprego, tudo isso conta.

Por isso, respondemos às principais dúvidas, e o que é mito ou verdade sobre o assunto:

1- É muito caro?

Não. No início surgem os maiores gastos, mas, com os meses, a tendência é estabilizar suas despesas e se organizar.

2 – Realmente faz diferença saber a língua do país de destino?

Sim. É importante saber o básico na hora da chegada, para conseguir se adaptar, se localizar e pedir informações.

3- Será que vou me adaptar?

É importante levar em conta sua personalidade, os costumes do país de destino em relação aos seus. Por isso, é preciso fazer uma pesquisa antes.

4- O conteúdo do curso de outro país é muito difícil?

Mito. Nem sempre isso acontece, pois o conteúdo do Brasil pode ser completamente diferente de outros países, não necessariamente mais difícil de aprender.

5- Vou conhecer pessoas de diversos lugares?

Sim, uma das partes mais interessantes no intercâmbio é conhecer pessoas de diversos países, assim aperfeiçoar o idioma e abrir horizontes sobre o mundo.

6 – Consigo conhecer outros lugares? Viajar?

Sim! Com um belo planejamento você consegue conhecer muitos lugares sem gastar quase nada!

7 – Vou conseguir aprender ou aperfeiçoar o idioma?

Sim! De maneira mais rápida e natural, pois a convivência com os nativos e as tarefas do dia a dia facilitam muito este processo.

Fonte: https://guiadoestudante.abril.com.br/orientacao-profissional/mitos-e-verdades-sobre-intercambio/

Voltar